|  

O projecto Wired Bootcamp Djarmai, integra professores e alunos do 3° ano do curso de tecnologias multimédias de comunicação da Universidade de Cabo Verde, realiza de 17 a 24 de Julho deste ano, uma excursão à ilha do Maio com o propósito de realizar uma imersão com os jovens de instituições da ilha ligados a temáticas como preservação ambiental, mudanças climáticas.

Segundo uma nota de imprensa, este projecto justifica - se não só pela necessidade de promover um maior intercâmbio entre a Universidade de Cabo Verde e os jovens da ilha do Maio, permitindo troca de saberes e transferência de conhecimento e experiência.

“Actualmente o cinema, o audiovisual e o design assumem um papel de relevo na consciencialização dos jovens para a necessidade urgente de preservar os recursos ambientais; para além da promoção turística da ilha e das suas potencialidades ambientais a nível internacional. Trata - se, portanto, de uma abordagem prática através das novas tecnologias de informação e comunicação com vista a produção de filmes e documentários a serem submetidos ao Festival Internacional de Cinema Ambiental”, destaca-se na nota.

 No âmbito do projecto serão realizados trabalhos de campo e imersão no espaço com visitas às zonas protegidas e comunidades para recolha de imagens, vídeos e a produção de narrativas digitais e audiovisuais.

O projecto que tem o intuito de trabalhar ainda os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) contempla as actividades como mostra itinerante de cinema ambiental, mobile filmmaking workshop, oficina de técnicas circenses e por fim uma conferência ligado a designe sustentabilidade.

O projecto conta com a orientação do presidente da Associação de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde (ACACV), Júlio Silvão Tavares, e vai abarcar 20 elementos entre os quais alunos e professores da Universidade de Cabo Verde.

“Trata- se de uma abordagem prática através das novas tecnologias de informação e comunicação em vista a produção de filmes e documentários a serem submetidos ao festival internacional de cinema ambiental”, lê-se na nota.

O projecto conta com uma forte parceria da Associação Cabo - Verdiana de Cinema e Audiovisual, da Camara Municipal do Maio, do Instituto de Desporto e Juventude e da Fundação Maio Biodiversidade.

banner Site

Pin It

Últimas Noticias