PT EN FR

   |  

A UNESCO e a Netflix lançaram esta quinta-feira uma competição que visa “encontrar a nova geração de cineastas de África”. Os participantes podem concorrer enviando uma proposta de sinopse e o seu currículo até 14 de Novembro, enquanto os vencedores vão ser “formados e aconselhados por profissionais da indústria, e receberão um orçamento de produção de 75 mil dólares [quase 65 mil euros] para criar curtas-metragens que se vão estrear na Netflix, em 2022, como uma Antologia de Contos Africanos”, segundo comunicado da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO, na sigla em inglês).

saiba mais em: https://www.publico.pt/2021/10/14/culturaipsilon/noticia/unesco-netflix-associamse-concurso-descobrir-novos-cineastas-africanos-1981038

A UNESCO e a Netflix

Pin It